Cinco líderes regionais falam sobre o futuro da empresa

Avaliação:

(22 Avaliações)

Por Adriana Silvestrini - 08/03/2016

Eles revelam como pretendem manter o crescimento de suas redes, falam de sucessão e do quanto estão preparados para encarar a empresa sem a presença deles

"Como será o amanha? Responda quem puder". Pegando carona no famoso refrao de um samba-enredo, varejistas de peso como Pedro Zonta, Severino ramalho Neto, Valdemar Amaral, Van Carvalho e Laerte Santichio falam sobre as expectativas para o futuro das companhias que ajudaram a criar. Eles revelam como pretendem manter suas redes em crescimento, expoem como a sucessao faz parte do cotidiano e o quanto estao preparados emocionalmente para encarar a empresa sem a presenca deles.

Pedro Zonta
presidente da rede Condor Super Center (PR )

Crescimento e sucesso é o que imagino para o futuro da minha empresa. O Condor tem 41 anos de história. Durante esse tempo já passamos por turbulências muito piores do que as de hoje e a empresa sobreviveu graças ao trabalho realizado, obtendo o reconhecimento dos nossos clientes. Desejo que a empresa viva mais do que eu, pois dela dependem muitas famílias. Hoje, a rede emprega mais de 10 mil pessoas e atende 4 milhões de clientes todos os meses. Acredito na perpetuação da empresa, por isso pretendo transferir mais atribuições aos meus sucessores, que já estão na segunda geração. Considero futuramente adquirir outras redes, desde que representem uma boa oportunidade de expansão. É difícil crescer de forma significativa só mantendo as mesmas lojas. Ao expandir organicamente, temos como mensurar o capital necessário e depender o mínimo de recursos de terceiros. Enquanto tiver forças físicas e mentais, quero ajudar o Condor a trilhar o sucesso. 

Severino Ramalho Neto
presidente da rede Mercadinhos São Luiz (CE )

Trabalhamos cada vez mais com a certeza de que estamos criando uma marca para se perpetuar. Hoje os desafios são relacionados ao custo Brasil. A complexidade de operar na região e a desvalorização do real frente ao dólar fazem com que as empresas nacionais fiquem mais baratas, aumentando o poder de fogo da concorrência multinacional. Sempre temos interesse em aquisições desde que possamos aplicar a nossa proposta. Estamos sempre abertos a esses processos e não vamos depender de quando o mercado melhorar. Também não temos razão para crescer de uma única forma, temos vontade de crescer, seja de maneira orgânica ou não. Já estamos na terceira geração de herdeiros. Nossa vontade é de que a empresa se perpetue, que ela saia das fronteiras do Estado, cresça em todos os sentidos e que continue sob o domínio da família. O importante é a continuidade dos nossos propósitos, que falam diretamente com nossa marca. 

Valdemar Amaral
presidente da rede ABC (MG)

Procuro buscar o equilíbrio entre o ter e o ser, melhorando a qualidade de vida das pessoas por meio da geração de empregos. Acredito que já estamos no caminho para garantir o futuro da empresa, mas há muitos desafios. É preciso ter habilidade e atitude para se adaptar e mudar constantemente. Ser supermercadista é pagar grande parte dos nossos pecados. Não digo isso pelo olhar negativo, pois o nosso segmento é extremamente prazeroso para quem gosta de pessoas e de trabalho duro. Mas pelo olhar da complexidade da operação e das relações que temos que alinhar com órgãos públicos, pela diversidade de necessidades das pessoas, pelas condições do mercado, que sofre com as intervenções sociais e políticas, além das naturais. Para os próximos dois anos temos um plano de expansão. Essa é a forma mais conservadora de buscar novos mercados sem comprometer de forma impactante o caixa da empresa. Eu me considero preparado emocionalmente para deixar a empresa no momento oportuno, pois penso que sem essa visão não há desenvolvimento sustentável do negócio e muito menos futuro para a organização. 

Van Carvalho
vice-presidente dO Grupo Carvalho (PI )

Quanto maiores os desafios, mais fascinantes e motivadores eles são. Sou empolgada com o mundo dos negócios e principalmente com o mercado de varejo. Quero deixar a rede Carvalho prosperando e levar comigo apenas o orgulho de ter ajudado o povo do meu País. Quem tem varejo sabe bem como comprar, vender, lucrar e servir. Vive, respira e se apaixona por esse movimento. Pensa o tempo todo em fazer negócios. A sucessão não é o ponto mais preocupante da minha empresa, pois temos alguns passos para seguir até chegar o momento certo de iniciar a formação da pessoa que possa, mais tarde, assumir de fato e de direito a administração da nossa organização. No futuro breve vamos crescer mais organicamente. Já fizemos muitas aquisições de terrenos estratégicos. Após a reorganização de tudo, devemos retomar os projetos. Não vou deixar a minha empresa se acabar antes de mim. Ela é mais forte do que eu. Não tenho essa preocupação. Sinto-me pronta e preparada, inclusive para a morte. 

Laerte Santichio
presidente da rede Supermercados Pague Menos (SP )

Espero que a rede sobreviva e alcance outras gerações, buscando sempre ser referência no mercado varejista. Meus desafios são encontrar talentos para dar continuidade aos projetos de crescimento da empresa e também fechar parcerias com bons fornecedores. A sucessão é um grande desafio, sobretudo porque as gerações X e Y apresentam um aspecto comportamental diferente daquele a que estamos acostumados. Temos desenvolvido ferramentas e estratégias para transpor os obstáculos. Vender a organização não está em meus planos. Ao contrário, a ideia é manter a expansão constante. Quero partir para aquisições assim que o mercado melhorar. Mesmo na crise estamos abrindo mais lojas e isso só incentiva nossos planos de continuar crescendo. É preciso ser cada vez mais competitivo, principalmente na conquista de novas regiões. O importante é a minha obra e de meus irmãos ser cada vez mais profissionalizada e sobreviver neste País mesmo com as adversidades econômicas cada dia mais recorrentes. 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Com a nova lei trabalhista, você acha que os processos movidos por funcionários vão:

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade