Crie emoção no São João da sua loja

Avaliação:

(4 Avaliações)

Por Patrícia Büll redação@sm.com.br - 31/03/2017

As festas juninas são um marco religioso no Nordeste. Elas trazem alegria, consumo e remetem à esperança e ao orgulho de ser da região


Muitas lojas apostam em sanfoneiros durante as Festas Juninas no Nordeste

Maria já está planejando tudo: vai comprar roupa nova. O calendário de festividades da cidade já foi anunciado. Ela vai preparar a casa para receber o irmão, que chegade São Paulo, e a irmã, que vem do Rio de Janeiro. A filha mais velha está na quadrilha vencedora do ano passado e já disse que precisa de maquiagem. O filho menor quer presente de São João. E a mãe já falou que neste ano quer reunir a família no sítio. Ela não gosta de permanecer na cidade, que é invadida por turistas de todo o País. O marido quer ficar. Esse é um momento único para todos. O Nordeste mostra a sua cara, orgulhoso de sua identidade e de sua cultura e tradições.

Maria é uma personagem, mas traduz o envolvimento do público nordestino com essa importante festa que se profissionaliza a cada ano, movimenta a economia local e é uma usina de alegria.

“O São João do nordeste é único e comemorado como se fosse o Natal do sul e sudeste,” afirma Rogério Machado, consultor da Abase (Associação Bahiana de Supermercados). A comparação se justifica. Segundo outro consultor, Fred Alecrim, pernambucano de nascença e potiguar de coração, as festas são a melhor representação do nordestino.

“Por algum tempo as pessoas deixaram de viver como nordestinas, seja pela migração ou pela invasão de outras culturas. As festas juninas são uma forma de resgatar as origens e voltar a ter essa ideia de pertencimento e reconhecimento”, explica Alecrim. “A preparação, as danças e a comida típica fazem a pessoa sentir-se mais feliz e conectada com sua história, o que a fortalece”, acrescenta.

A região comemora o São João com shows populares e quadrilhas e também com tradicionais arraiais de bairros e ruas. Professor da Universidade Federal de Alagoas, Cícero Péricles Carvalho diz que o São João tem o poder de atrair pessoas e recursos que impactam positivamente na economia. Ele garante que os nordestinos que moram em outras regiões tiram férias do trabalho só para voltar a suas cidades e festejar com a família.

O varejo pode aproveitar a proximidade com o consumidor para realizar ações que ajudem a reafirmar a vocação cultural da cidade e a despertar o orgulho da população

Os supermercadistas investem na decoração das lojas, em música,vestimentas da equipe e abastecimento das prateleiras. E não é à toa. A maior e melhor festa do Nordeste oferece oportunidades que precisam ser acolhidas e desenvolvidas. Com crise ou sem crise. E o supermercadista, graças à sua proximidade com o consumidor, pode exercer o papel de reafirmar a vocação cultural da sua cidade e o orgulho da população.

 

 

Veja mais sobre: Juninas, Nordeste, Festas Juninas

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Você acha que indústrias estão tirando mais produtos de linha, ou seja, descontinuando marcas em algumas categorias?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade