Espante a crise e venda mais produtos de Natal

Avaliação:

(5 Avaliações)

Por Viviane Sousa - viviane.sousa@sm.com.br - 04/10/2016

De panetone a sidra, saiba como incentivar o consumo das principais categorias sazonais

Eles são o centro de atenção do Natal e do Ano-Novo nos supermercados. Os produtos típicos do período não sairão do carrinho de compras. Apesar disso, é preciso dar um empurrãozinho nas vendas e não ficar contando apenas com a alta “natural” da demanda. Divulgar receitas diferentes e ensinar o consumidor a utilizar alguns produtos na decoração da mesa e dos pratos são alternativas para acelerar o giro. Entender o hábito do cliente em cada categoria também é importante. Afinal, em algumas ele tende a manter a compra de itens mais premium. Já em outras, o consumidor se sente à vontade para fazer trocas. Saiba mais, 

Panetone

Presente... barato
Em um ano de dinheiro curto, as fabricantes Arcor e Village apostam que o consumidor comprará panetones para presentear amigos e parentes. A Village criou uma versão nova de 80 gramas com embalagem especial. E a Arcor traz novos sabores, como o de churros.

Um pouco mais caro
O brasileiro deverá recorrer também a kits, que valorizam o presente e não têm alto desembolso. Tente combinar panetone com champanhe, vinho ou cervejas especiais; panetone e frutas finas; panetone e geleia de menta; ou ainda panetone e alguma versão de café especial.

Versões gourmet
Panetones com frutas cristalizadas e chocolate são os preferidos pelos consumidores. Porém, os tipos mais sofisticados e caros também têm público cativo.

Incentivo a sobremesas
Além do consumo tradicional, incentive o cliente a preparar sobremesas com panetone: pavê com frutas, pudim, etc. Distribua receitas e promova degustação de doces preparados pela confeitaria da loja.

As ilhas com panetones são um chamariz para o consumidor. fique atento para não exagerar na altura, pois os produtos precisam ficar acessíveis aos clientes. a ideia é facilitar a compra. aposte ainda em pontos extras em seções como padaria, chocolates e bebidas alcoólicas

10% Alta esperada nas vendas
Fonte: Village
 

 

Carne

Força nas vendas
As aves especiais e o peru fazem parte da tradição natalina, mas é sempre bom dar uma força nas vendas. Receitas diferentes, degustadas entre os clientes, concurso entre as donas de casa do bairro para premiar o prato mais original e uso do WhatsApp para divulgação dos produtos são algumas iniciativas.

Mais churrasco neste ano
Como Natal e Ano-Novo caem no fim de semana, sem a possibilidade de emendar os feriados, muitos consumidores deixarão de viajar e organizarão churrasco entre seus familiares e amigos, prevê a JBS Friboi.
 

Cortes suínos em alta
Preço menor da carne de porco em relação à bovina e ao bacalhau deve estimular o giro desses produtos, segundo a Seara. Além disso, as associações de produtores têm desenvolvido campanhas para incentivar o consumo, o que tem levado a aumento das vendas.
 

Picanha não pode faltar
Picanha, fraldinha, maminha, alcatra e costela estão entre os cortes vendidos para churrasco no período. Outros cortes, como cupim e filé mignon, saem menos, mas também precisam ser contemplados no sortimento.

80% dos consumidores vão manter a tradição e preparar a ceia natalina, apesar da crise
Fonte: Seara

 

Bacalhau

10% expectativa alta nas vendas
Fonte: Riberalves

15% queda aproximada do dólar sobre 2015. bacalhau mais barato
Fonte: Riberalves

Não pode faltar
Bacalhau seco e salgado é mais vendido, mas a versão dessalgada promete ter boa procura graças à sua praticidade. Somada ao produto congelado, já responde por 30% das importações de bacalhau do País.

A voz da experiência
Contratar senhoras na faixa dos 50 anos para promover o bacalhau e dar sugestões de preparo pode elevar vendas em até 35%. É o que garante o consultor Marco Quintarelli, da Azo Negócios, que já testou a ação em supermercados.

Informe origem e características de cada tipo de bacalhau e ofereça receitas

Colocar um funcionário para cortar o bacalhau na área de vendas estimula a compra
 

 

Azeite

20% alta estimada no giro do azeite
Fonte: Zaeli (Meta da empresa)

20% das vendas ocorrem fora do ponto natural
Fonte: Ipsos

80% participação do extra-virgem nas vendas
Fonte: Sovena

Sofisticados saem mais
No Natal, o consumidor tende a comprar azeites de melhor qualidade. Não esqueça as versões de maior valor agregado (e margem).

Exposição ampliada
Para dar conta da demanda, a Sovena recomenda, no mínimo, dois módulos de exposição. Pontos extras e próximos às carnes natalinas é sugestão da Bunge.
 

 

Frutas secas e em calda

Embalagens menores
A La Violetera sugere reforçar o sortimento de embalagens menores de frutas secas. Como custam menos, elas podem ser uma boa opção para o consumidor não abrir mão desses produtos na data.

Quanto mais exposição melhor
Coloque as frutas secas perto de panetones e carnes natalinas, pois costumam ser usadas para decorar pratos. Outra opção é a seção de hortifrútis devido ao alto fluxo. Exposição casada de nozes com leite condensado, para o preparo de doces, é a sugestão da La Violetera.

Aposte na decoração
O supermercado pode preparar combinações de diversas frutas secas (foto ao lado) para serem vendidas ao consumidor. A ideia é servir antes da ceia ou utilizar para decorar a mesa de Natal.

Pêssego e cereja em calda

Realize workshops ensinando os clientes a utilizar esses produtos na decoração de pratos natalinos. em parceria com fornecedores, Também é possível distribuir panfletos com fotos ilustrativas, para orientar o cliente. Outra alternativa, mais tradicional, é divulgar receitas diferentes que levem as frutas em calda

27% Expectativa de alta nas vendas em valor de frutas secas no Natal
Fonte: La Violetera

 

Vinho, espumante e sidra

Estojos especiais
A Aurora vai colocar estojos de presentes à disposição do varejista. Neles, o supermercado pode montar conjuntos de garrafas de vinho e espumantes acompanhadas de taças e outros brindes. Já a Salton irá reformular seus kits de presentes neste ano, para ficarem mais modernos e joviais.

Marcas de qualidade
Segundo a fabricante de sidras Cereser, o consumidor vai dar preferência a marcas de maior qualidade neste Natal, para não errar na compra.

Saborizadas em alta
Embora a versão tradicional seja campeã de vendas, as sidras saborizadas têm apresentado boa saída durante as festas de final de ano, afirma a Cereser.

12% Expectativa de aumento do volume de venda de espumantes nas festas
Fonte: Salton

5% Crescimento esperado de vinho no período
Fonte: Salton

40% das vendas de vinho e espumantes ocorrem no fim do ano
Fonte: Aurora

24 milhões de garrafas de sidra, mesmo número de 2015, é quanto a CRS Brands espera vender neste natal

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Você acha que indústrias estão tirando mais produtos de linha, ou seja, descontinuando marcas em algumas categorias?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade