6 consumidores revelam hábitos na compra de itens de limpeza

Avaliação:

(6 Avaliações)

Por Viviane Sousa - viviane.sousa@sm.com.br - 07/12/2016

Conheça suas preferências, veja qual perfil está mais alinhado à sua loja e promova ajustes

O Brasil é o quarto maior mercado de cuidados com a casa do mundo. A cada ano, movimenta US$ 5,8 bilhões, segundo a Euromonitor. De acordo com a consultoria, a perspectiva para esse mercado é positiva. A projeção de crescimento em volume é de 7,2% até 2020. Para ganhar mais com os produtos de limpeza, é preciso ficar atento aos diferentes hábitos dos consumidores e às suas constantes mudanças de comportamento. Ainda há, por exemplo, aqueles que preferem produtos mais tradicionais, enquanto outros abraçam rapidamente novas tecnologias, que pipocam a todo momento nas gôndolas dos supermercados. Amaciantes de roupas concentrados são bons exemplos disso. Segundo dados da P&G divulgados durante o evento Experience, realizado no Rio de Janeiro em agosto deste ano, o segmento representa 40% da cate- O goria em valor. A expectativa é de chegar a 60% em dois anos. Outro segmento que vem ganhando novos adeptos é o lava-roupa líquido concentrado. Já está presente em 19% dos lares brasileiros, também conforme dados da P&G.

Segundo Maria Belén Silvestris, gerente da marca Ariel, que pertence à fabricante, o consumidor brasileiro entendeu bem a proposta do amaciante concentrado, mas ainda precisa de mais informação sobre detergente líquido para ser convencido do custo-benefício.

Hábitos dos consumidores      

  • 32% Limpam a casa todos os dias
  • 38% Lavam roupas pelo menos duas vezes por semana
  • 84% Se preocupam mais com limpeza da cozinha
  • 86% Se preocupam mais com limpeza de banheiro

Fonte: Nielsen

Outra mudança é o crescente número de homens responsáveis pelas compras de produtos de limpeza. Segundo pesquisa da Nielsen, 24% já assumem essa tarefa e 19% afirmam realizar a faxina da casa. Muitos deles buscam praticidade e economia de tempo. O estudo também aponta que 78% compram em super e hipermercados. Mas já há uma parcela migrando para os atacarejos, onde as compras são mais racionais.

Logo abaixo você encontra depoimentos de seis consumidores. Cada um limpa a casa de uma maneira, o que gera necessidades de compra distintas. Como não dá para agradar a todo mundo, convém ao supermercadista entender qual é o público predominante em sua loja, ajustar o mix, as compras e a exposição em gôndolas. Acompanhe.

Compro, limpo e lavo

Paulo Souza 48 anos, representante comercial

Comecei a cuidar das compras e da limpeza da casa depois que me casei. Já são mais de 20 anos e já conheço as quantidades, o que funciona e não funciona, além dos preços, que sempre acompanho

O que pensa o consumidor

  • Uso alvejante sem cloro em todos os tipos de roupas. Antes utilizava a versão com cloro para a roupa brança, mas, às vezes, acabava caindo um pinguinho na colorida e manchava. Aí tinha de jogar fora
  • Outro motivo pelo qual uso esse produto é porque não preciso deixar a roupa de molho nem esfregar para ficar limpa. É só colocar na máquina
  • Na hora da compra, não me detenho em ler o que é cada produto, pois são muitos detalhes. Gasta muito tempo ficar lendo rótulos. E as informações nem sempre são claras. Prefiro comprar aqueles produtos que já conheço
  • Lá em casa usamos diferentes produtos para cada coisa ou lugar que vamos limpar. As louças do banheiro, por exemplo, são limpas com cloro em gel. Já a água sanitária é jogada no box e no piso, além dos ralos para evitar proliferação de ovos do aedes aegypti. Esse é um produto cuja marca não me preocupa. Compro a que estiver mais barata
  • Se não encontrar o que procuro, só substituo se conhecer a qualidade
  • Em vez de ficar procurando ofertas para economizar, compro os produtos de limpeza no atacarejo, onde tenho certeza de que custam menos

Recomendação

Aproveite a presença do público masculino na loja e ofereça outros produtos que ele costuma ter prazer em comprar, como cervejas especiais, vinhos e destilados. Identifique novas oportunidades para vender mais

24 dos homens são responsáveis por comprar produtos de limpeza
Fonte: Nielsen 2015

Adoro produto multifuncional

Edmara Vieira Brito 30 anos, auxiliar de relacionamento

Prefiro os produtos que posso usar em diversos locais da casa. São mais práticos e ajudam a economizar na compra. O alvejante com cloro é um multifuncional e não vivo sem ele

O que pensa a consumidora

  • Uso alvejante com cloro na roupa branca para clarear. Aplico no quintal e nas paredes externas com vap para tirar limo. É ótimo para a faxina pesada do banheiro, além do fogão, geladeira, armários da cozinha, panelas e assadeiras, ajuda a desengordurar
  • A cada mês, uso dois litros de alvejante com cloro
  • Ao contrário de muitas pessoas, gosto do cheiro do cloro. Ele remete à limpeza, por isso prefiro comprar a versão sem fragrância
  • Outro produto de que não abro mão é o limpador multiúso. Ele funciona como um complemento para a limpeza. Também é prático e eficiente. Rende bem
  • Gasto todo mês cerca de R$ 100 com produtos de limpeza

Recomendação

Estudo da Nielsen indica que a melhor estratégia promocional para itens de limpeza é adotar packs promocionais com produtos complementares. A venda cresce sem superestocar o consumidor

Não pode faltar em casa

Camila Rodrigues Silva 28 anos, auxiliar de inteligência de negócio

Tira-manchas e desodorizador de ambiente e sanitário não faltam em casa. O primeiro me poupa tempo e os outros dois deixam a casa cheirosa

O que pensa a consumidora

  • Tenho uma filha pequena e meu marido é motoboy. Os dois sujam muito as roupas, e o tira manchas é muito eficiente tanto nas peças brancas como coloridas. Também utilizo para lavagem da roupa de cama, mesa e banho
  • O produto tem bom rendimento. Uso uma embalagem e meia a cada dois meses. Mesmo assim, como o preço é alto, busco sempre promoção. Pesquiso em três supermercados perto de casa e compro onde está mais barato
  • Já no caso do desodorizador sanitário, prefiro a versão pedra, que é aplicada na caixa da descarga. É prática, rende mais e é mais barata e higiênica. Além disso, não é preciso colocar a mão no vaso. A cor azul que sai na água dá a sensação de limpeza
  • Para o ambiente, prefiro o aparelho com sensor de tempo, que funciona sozinho. Também gosto de variar as fragrâncias. Para economizar, só ligo quando temos visita em casa. Como sempre acompanho o preço, sei quando o supermercado está cobrando mais. Já no banheiro, prefiro o de colar na parede

Fonte: Kantar WorldPanel 2015

Recomendação

Nem todos os consumidores conhecem os diferentes segmentos de desodorizador. Coloque cartazes nas gôndolas explicando os benefícios de cada tipo. Isso pode atrair novos consumidores para a categoria

Tira-Manchas 47% participação da Classe C nas vendas, seguida das: A/B: 41% e D/E: 12%
Fonte: Unilever/Kantar WorlPanel 2015

Prefiro produtos tradicionais

Shirlene Gonçalves Pereira 33 anos, auxiliar de marketing

Aprendi a usar produtos de limpeza mais tradicionais com a minha mãe. Hoje é difícil me acostumar com um sabão que não seja em pó ou um amaciante com fragrância forte

O que pensa a consumidora

  • Se os produtos tradicionais de limpeza continuam atendendo minhas necessidades, não vejo motivo para mudar. É por essa razão que ainda vou usar sabão em pó e o amaciante tradicional por muito tempo
  • Sou muito fiel às marcas, especialmente à do sabão em pó. Só troco se estiver muito caro e eu conhecer uma substituta com boa qualidade
  • Isso já não acontece com o amaciante. Há mais opções de marcas de boa qualidade caso precise fazer alguma substituição
  • Como somos só meu marido e eu, costumo lavar as roupas a cada 15 dias. Usamos menos de uma embalagem por mês, por isso não há necessidade de diminuir a quantidade para economizar

Recomendação

Quando o consumidor é fiel à marca, é grande a probabilidade de ele se deslocar até o concorrente para comprar o produto. Evite ruptura ajustando os pedidos e adequando o espaço de exposição ao market share

Gosto de novas tecnologias

Luciana Ramos Florentino Moura 32 anos, assistente de marketing

Desde que me casei, há seis anos, passei a testar produtos inovadores, com novas tecnologias e propostas de uso, para tornar a limpeza da casa menos cansativa

O que pensa a consumidora

  • Um dos primeiros produtos com tecnologia que entraram no meu carrinho foi o lava-roupa concentrado. Ele é mais econômico porque rende mais – só precisa usar um pouco por vez
  • A embalagem é prática. Ao contrário da de papelão, não esfarela quando molha
  • Também prefiro o amaciante concentrado. A fragrância fica mais tempo na roupa. Mas não acredito que ele é mais econômico. Uma unidade do concentrado custa o mesmo que uma garrafa de dois litros do tradicional, sendo que o rendimento não é maior
  • Uma vantagem dos produtos concentrados é que as embalagens são menores e, portanto, mais fáceis para armazenar quando não se tem muito espaço
  • Evito trocar marcas, pois a economia nem sempre vale a pena

Recomendação

Caso seu cliente goste de “novas tecnologias”, pense em estimular as vendas desses produtos. Como eles têm margem alta, se o volume de vendas e o giro aumentarem, o lucro em valor também subirá significativamente

Não sou fiel as marcas

Natasha Pelegrini 31 anos, assistente de internet

O que importa para mim é qualidade. Se eu já conhecer a marca e for boa, compro. Com a inflação alta, passei a me preocupar mais com preço”

O que pensa a consumidora

  • Já substituí as marcas do detergente para louça e do desengordurante porque estavam em conta. Se encontrar outras mais baratas, trocarei novamente. O importante agora é meu bolso
  • Às vezes, meu marido e eu compramos em maior quantidade no atacarejo. Já fizemos compras com a minha mãe para compensar
  • Ainda não tive interesse em usar os detergentes para louça concentrados. Estou bem satisfeita com o tradicional, que também é mais barato
  • Quando vou escolher um produto, penso o que vou limpar com ele
  • O piso da minha casa é de porcelanato. Sinto muita dificuldade em encontrar produtos específicos para esse tipo de material quando vou às compras

Recomendação

Trabalhar com soluções de limpeza pode incentivar a compra pelo consumidor. O agrupamento facilita a identificação de produtos específicos para diferentes locais da casa, além das várias opções de preço em cada segmento

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Para Páscoa, qual é a sua expectativa de vendas?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade