Fundador do Eataly conta como criou a rede gourmet

Avaliação:

(2 Avaliações)

Por Viviane Sousa * viviane.sousa@sm.com.br - 07/12/2016

Oscar Farinetti explica como desenhou e posicionou a empresa e quais as táticas que utiliza

Com 62 anos de idade e um histórico de empresário bem-sucedido – ele transformou a UniEuro em uma das maiores cadeias de eletrônicos da Itália – Oscar Farinetti passou três anos de sua vida (entre 2003 e 2006) pesquisando e desenvolvendo um novo conceito de loja de alimentos: a rede gourmet Eataly. O esforço, segundo a revista Forbes, gerou um modelo inovador e desestabilizou seus concorrentes.

A primeira loja da rede foi aberta em janeiro de 2007, na cidade italiana de Torino. Hoje, são 29 unidades, quinze delas na Itália, nove no Japão, duas nos Estados Unidos, uma em Dubai, uma em Istambul e uma em São Paulo. Conheça detalhes dessa invenção, pela voz do próprio criador, em sua apresentação no Retail Loyalty Congress 2016, evento realizado em Toronto (Canadá) pela BrandLoyalty . Trata-se de empresa holandesa, especializada em programas de fidelidade, que convidou SM, com exclusividade, para participar da cobertura do evento.

Marca
Eataly nasceu da fusão de duas palavras em inglês: EAT, comer, e ITALY, Itália.

Conceito do negócio
Reunir alimentos italianos de qualidade sob o mesmo teto, em gôndolas e restaurantes, além de cursos sobre a culinária tradicional do país.

Projeto poético
Todo projeto precisa ter um objetivo poético. O nosso é criar postos de trabalho onde estamos e permitir que mais pessoas se alimentem melhor e com prazer.

Estratégia
Estimulamos no consumidor, equipe e fornecedores pensamentos como...

  • No Eataly posso realizar os meus desejos e aprender
  • A Itália é campeã em biodiversidade (dezenas de tipos de frutas, legumes, vegetais e carnes)
  • Nessa loja, qualidade não custa caro
  • Esse é um supermercado diferente
  • Eu voltarei a essa loja
  • Vou trazer amigos e familiares
  • Vale a pena gastar mais com comida do que com outras coisas
  • Se eu comer melhor e gastar menos, vivo melhor
  • Como é bom trabalhar aqui
  • Aqui posso crescer e moldar minha carreira
  • Nessa loja, os fazendeiros são celebrados
  • Quero que meu produto seja vendido no Eataly.

Ambientação
Temos lojas simples, bonitas, estimulantes e confortáveis a partir de...

  • Uso de elementos naturais
  • Iluminação natural e clara
  • Mobília discreta, que destaca os produtos

Comunicação
Desenvolvemos mensagens limpas, diretas, objetivas. Cartazes e peças coloridas dão trabalho, mais despesa e tiram a atenção do conteúdo. O público vê o colorido e não lê. No Eataly é tudo preto no branco, clean. As pessoas são informadas sobre o que estão comendo por meio de placas nas prateleiras e pôsteres. Contamos a história dos produtos, produtores e das sazonalidades, para informar e conferir emoção.

Sortimento
Ofereceremos muitas opções no mix. Sem congelados. Sem produtos com corantes. Com alimentos frescos da estação, que têm qualidade e preços mais baixos.

Marketing
Integramos todos os serviços – supermercado, restaurantes e cursos com campanhas originais para transmitir nosso conceito.Temos cursos para educar sobre alimentação saudável e gostosa, inclusive programas especiais para crianças. E as salas para os cursos são visíveis a fim de reforçar o nosso compromisso com o aprendizado.

Fornecedores
Desde 2004, o Eataly criou e comprou ações de empresas de alimentos e bebidas e hoje tem ou é parceiro de mais de 19 companhias que produzem ou distribuem produtos italianos: água, vinhos, carnes frescas, carnes curadas, queijos, massas, doces, entre outros. Essas empresas fornecem perto de 25% dos produtos da mercearia, enquanto 2 mil produtores fornecem 75% dos itens restantes. Apoiamos e ajudamos os produtores locais.

Sou comerciante! Meu negócio é encontrar coisas boas para vender. Sempre gostei de mudar e melhorar as coisas nas quais estou envolvido. E comida é minha grande paixão

Equipe
Nossa equipe deve pensar com a cabeça e o coração. Mas selecionamos os tipos de inteligência e emoção que as lojas precisam para garantir bom atendimento e eficiência no trabalho. As pessoas precisam ser apaixonadas pelo que fazem e concordar com os valores e cultura da empresa para o negócio dar certo.

Padronização
As lojas têm a mesma atmosfera, independentemente do país onde estejam localizadas ou do tamanho da área de vendas. Temos unidades pequenas e grandes, em vários lugares. Em qualquer uma delas, o público reconhece o mesmo ambiente.

Eataly São Paulo
É um ponto de encontro da cultura italiana. Em seus 4.500 m² de área de vendas foram instalados 13 pontos de alimentação (restaurantes e quiosques ). O mix do mercado conta com mais de 7 mil produtos italianos ou de produtores locais, que seguem as receitas tradicionais. A loja ainda promove workshops e eventos. Tudo para lembrar que a vida é muito curta para não comer e beber bem.

Curva de vida
Todo negócio tem sua curva de vida. O ponto A da curva é o de partida. O ponto B é o de melhoria. E o ponto C, de final de ciclo. Se deixar para investir em melhorias apenas no ponto C vai gastar dinheiro à toa e não vai garantir perenidade. Sempre há os ansiosos que investem em melhorias ainda no ponto A. Não é errado, mas talvez não gere o retorno esperado.

Como definir a curva
Para descobrir em que ponto da curva a empresa se encontra, é preciso acompanhar os números do negócio: mercado, concorrentes, clientes, funcionários, tudo. É o que o Eataly faz para não perder o timing e continuar crescendo.

O que fazer
A melhoria e a inovação passam por copiar, ouvir, ser curioso, pesquisar, estar antenado às mudanças e às novidades. É preciso sempre pensar que há outras pessoas com ideias melhores do que a sua. E não se pode esquecer dos investimentos em gente, produtividade, tecnologia, atendimento.

Sem exageros
Inovar é importante, porém não vale a pena apostar no que é difícil ou impossível. É importante ficar no meiotermo do possível e do impossível para ser inovador.

No mundo dos negócios, copiar é importante. Passei a vida copiando e me dei bem! As pessoas precisam entender que não é negativo, desde que você melhore a ideia original e ajude as pessoas com isso

* A jornalista viajou a convite da BrandLoyalty

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Para Páscoa, qual é a sua expectativa de vendas?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade