8 passos para uma boa execução de planograma

Avaliação:

(23 Avaliações)

Por Viviane Sousa - 02/02/2017

O incremento no volume de vendas pode chegar a 40%, segundo CEO da Connect Shopper

O planograma representa o modelo de exposição de cada categoria. Ele define a quantidade de itens expostos, o número de frentes de cada versão, o tipo e altura de empilhamento. Também aponta como organizar as diferentes marcas, os diferentes aromas, etc.

Quando a loja trabalha com GC (gerenciamento por categoria), o planograma é desenhado de acordo com a árvore de decisão da categoria. Ou seja: a hierarquia de escolha do próprio shopper. Exemplo - se primeiro ele opta pelo sabor, depois por tamanho de embalagem e depois por marca. 

Cada detalhe do planograma deve servir para facilitar a compra, aumentar o giro e lucro da categoria. 

Tão crucial quanto definir bem esse desenho é executá-lo com eficiência. E quando isso acontece, há um incremento de 30% a 40% no volume de vendas, segundo Fátima Merlin, CEO da Connect Shopper .  

A rede paulista Lopes , que tem 27 lojas, trabalha duro nesse ponto, mas não se queixa. Os ganhos compensam. Felipe Teixeira, responsável pelo GC da empresa, aponta os principais passos adotados para uma boa execução

1.    Explicar para comercial, marketing, supply chain e loja as razões do planograma e os resultados que se espera dele

2.    Alinhar com cada área (comercial, marketing, etc.), os processos e as responsabilidades. À equipe do supply caberá, por exemplo, enviar a quantidade correta de itens à loja, entre outros pontos

3.    Criar um documento com todos os detalhes do planograma e compartilhar a cópia com os setores envolvidos. Isso para evitar improvisações

4.    A impressão dos planogramas pode ser feita na loja. Mas é importante que tenham o tamanho e a qualidade adequados, para facilitar o entendimento do repositor 

5.    O repositor é um capítulo à parte: deve entender por que o planograma foi montado daquele jeito, o que pode gerar em aumento nas vendas, e qual o seu papel no sucesso da empreitada  

6.    Ouvir o pessoal da loja antes e após a implantação do projeto. É essa equipe que está perto do shopper, conhece o dia a dia da operação e pode dar sugestões úteis

7.    inserir na régua das prateleiras o desenho de como será a exposição. Assim, o repositor saberá exatamente o que expor e como. “A régua é essencial para manutenção do planograma”, explica Teixeira. “Do contrário, em 20 dias o modelo pode desandar”, acrescenta. 

8.    Atualizar o planograma a cada introdução de um novo produto para não bagunçar a exposição (e as vendas)

Esses são passos básicos, cada empresa tem de avaliar o que é essencial para seu negócio.

 

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Qual problema mais afeta a logística da sua rede?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade