Beal diminui ruptura em 30%

Avaliação:

(10 Avaliações)

Por Alessandra Morita - 14/12/2016

Conheça as medidas adotadas pela rede paranaense para enfrentar o problema

A rede paranaense Beal reduziu o índice de ruptura em 30%. A empresa adotou ferramentas que ajudam a controlar o nível dos estoques, estabeleceu novos processos e criou um comitê para discutir o problema. A varejista espera fechar este ano com crescimento de 15% no faturamento, que alcançou R$ 597,4 milhões em 2015 (dados do 45º Ranking de SM). 

Segundo Carlos Beal, diretor-presidente da empresa, a adoção de soluções tecnológicas permite entender melhor onde estão os gargalos da logística e, a partir disso, buscar soluções com os fornecedores. “O diálogo é importante, pois todo mundo perde com a falta de produtos, inclusive o consumidor”, afirma. 

Já no momento do recebimento, o comprador é acionado quando faltam produtos no carregamento. Imediatamente, ele avisa o fornecedor e emite um pedido com os itens que faltam. “Essa medida tem sido mais efetiva do que cancelar o pedido completo, o que agravava a ruptura”, diz o empresário. 

A empresa também investe na qualificação dos profissionais. Semanalmente, gestores e gerentes de loja se reúnem com toda a equipe para discutir as causas da falta de produtos (e outros problemas), além de soluções. 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Para Páscoa, qual é a sua expectativa de vendas?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade