Bunge investe R$ 10 milhões no Nordeste

Avaliação:

(2 Avaliações)

Por Redação SM - redacao@sm.com.br - 13/03/2017

A empresa inaugura centro de capacitação em Recife e prevê lançamentos exclusivos para a região

 

A dona de marcas como Delícia, Soya, Primor e Salsaretti está de olho no Nordeste em 2017. Na quinta-feira (9/3), a fabricante inaugurou, em Recife, o seu primeiro centro de treinamento na região Nordeste voltado para desenvolvimento da mão de obra do setor de food service (alimentação fora do lar).  

Além da Academia Bunge, a empresa prevê investimentos de aproximadamente R$ 10 milhões na região Nordeste, com o objetivo de manter a liderança da Bunge no mercado profissional, além das marcas de consumo, como por exemplo, Primor, seis vezes consecutivas eleita a marca mais lembrada do Nordeste (Prêmio TOP Of Mind). “Acabamos de lançar a farinha de trigo Suprema Fibras exclusivamente para o Nordeste. Estamos muito conectados com as necessidades de nossos clientes e consumidores”, explica Francisco Ganzer, vice-presidente de alimentos & ingredientes da Bunge.


Academia Bunge 

Instalada em um espaço de cerca de 350 metros quadrados no bairro de Boa Viagem, a Academia Bunge conta com modernos equipamentos e uma equipe de chefs especializada em dar as melhores soluções para os clientes. Em seu primeiro ano de funcionamento, a Academia Bunge pretende capacitar cerca de 4 mil profissionais. A nova unidade de Recife é a terceira da empresa, que mantém Academias no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde já foram treinados mais de 15 mil profissionais.

“A Academia Bunge serve como ferramenta para impulsionar o desenvolvimento do setor de panificação na região, através da capacitação de profissionais. Isso tem reflexo direto no crescimento do negócio dos nossos parceiros. Com profissionais bem preparados, é possível oferecer produtos de maior valor agregado e mais qualidade para o consumidor final”, explica o chef da Academia Bunge e gerente nacional de serviço de atendimento ao cliente Bunge, Luiz Farias.

Segundo Ganzer, a escolha da região para o investimento é um reflexo da importância do mercado local para a estratégia da empresa. “Historicamente, o Nordeste sempre foi uma praça muito importante para a Bunge. Ao longo da nossa história na região, que teve início em 1914, temos investindo fortemente e confiamos nesse potencial. A Academia Bunge fortalece ainda mais nossa vocação e nosso compromisso com o setor de panificação, confeitaria e refeições”, afirma o executivo. 
 

Veja mais sobre: Bunge

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Qual problema mais afeta a logística da sua rede?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade