Verdemar abrirá mais quatro lojas em Minas Gerais

Avaliação:

(9 Avaliações)

28/03/2017

Com público concentrado nas classes A e B, a empresa mineira prevê faturamento 25% maior neste ano


Com a estratégia de levar suas lojas onde o público está, o supermercado Verdemar, que tem sede na capital mineira, completa 24 anos neste mês preparando-se para a inauguração de quatro unidades: duas ainda neste semestre e as outras até o fim de 2017. Segundo Alexandre Poni, sócio-proprietário do Verdemar, a previsão para este ano é de crescimento de 25% no faturamento.

Em maio, será inaugurada uma unidade na Pampulha, nos moldes da Cataguases, que a rede mantém no bairro Santo Antônio, Centro-Sul de BH. Para junho, está prevista a inauguração do Supermercado Verdemar na Serra, também no Centro-Sul. Já no segundo semestre, serão abertas uma unidade no bairro Castelo, na Pampulha, e outra no shopping Pátio Savassi, na mesma região Centro-Sul. Haverá acessos pelo centro de compras e pela avenida do Contorno.

“Nosso público é eclético, mas preferencialmente das classes A e B. E nossas lojas estão em bairros adequados a esse perfil. Estamos indo para a Pampulha para atender aos clientes que diziam ter que atravessar a cidade para comprar aqui. Ninguém está disposto a fazer isso, por causa do trânsito. Com os problemas de mobilidade urbana, tudo fica mais longe. As pessoas querem fazer suas compras perto de casa ou do trabalho”, pondera Alexandre Poni.

No ano passado, o Verdemar inaugurou uma unidade na Savassi. Há lojas ainda nos bairros São Pedro, Sion, Cidade Jardim, Lourdes (Centro-Sul), Buritis (Região Oeste) além do Jardim Canadá, em Nova Lima (Grande BH). Segundo Poni, o grupo planeja, futuramente, ir para Lagoa Santa, outra cidade da Grande BH. “Mas precisamos que a conjuntura econômica contribua, para depois planejarmos essa expansão”, avalia. Investimentos nas vendas online devem ficar para 2018.

O supermercado já é conhecido por oferecer produtos diferenciados de gastronomia e uma grande variedade de importados, mas não deixa de disponibilizar os itens de compra básica.

A rede conta com cerca de 3 mil funcionários e, até o final do ano, após a abertura das novas lojas, esse número deve chegar a 4 mil. Em 2016, mesmo com o cenário de instabilidade econômica e queda no consumo das famílias, o Verdemar cresceu cerca de 2% acima da inflação. Para este ano, a projeção é de crescimento de 25% no faturamento, segundo Poni.

Para crescer mesmo no cenário de crise, Poni revela que aumentou o foco para atender a demanda dos clientes, inovou nos produtos e buscou ter nas prateleiras importados não tão caros. “Sempre oferecemos, por exemplo, vinhos mais baratos”, aponta.

Fonte: Diário do Comércio

Veja mais sobre: Verdemar

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Qual problema mais afeta a logística da sua rede?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade