Como o Carrefour enfrentou a deflação de alimentos

Avaliação:

(6 Avaliações)

Por Redação SM -

Decisão foi fundamental para impulsionar o lucro líquido

O Carrefour Brasil comemora elevação de 74% no lucro líquido do primeiro trimestre. Segundo analistas, um dos fatores fundamentais para o bom desempenho tem a ver com a forma como a rede varejista conseguiu controlar despesas. 

Para a equipe de análise do Itaú BBA, o foco maior no controle de despesas do negócio de varejo ajudou a compensar a pressão gerada pelo crescimento nas vendas online, que geralmente registram margens menores.

Analistas do Bradesco consideraram os números do Carrefour "sólidos" e comentaram que a empresa ajustou sua base de custos oara refletir os desafios impostos pela deflação dos alimentos. "Isso deve continuar a sustentar a lucratividade futura, até que os preços dos alimentos se recuperem", escreveu o Bradesco. 

O comando do Carrefour informou ter feito ajuste em sua operação de varejo para tornar a operação mais eficiente. No período de 12 meses encerrado em março, houve, por exemplo, redução de 2,5 mil colaboradores

 

Fonte: Valor Econômico

Veja mais sobre: carrefour, despesas

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Com soluções diferenciadas e muitas vezes a um custo mais acessível, as startups têm ajudado empresas de diferentes setores a resolver os problemas mais diversos. Diante disso, você já pensou em ter uma startup como parceira do seu supermercado?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade