Novos fornecedores aquecem mercado de pratos prontos

Avaliação:

(4 Avaliações)

Por Brunna Castro -

Há fabricantes que têm registrado alta de 30% ao mês nas vendas

O mercado de pratos prontos tem ganhado novos competidores nos últimos meses. E isso favorece os supermercados, uma vez que há mais opções para compor o sortimento e mais fornecedores para desenvolver parcerias.

Os fabricantes estão otimistas com as vendas da categoria. Um exemplo é a Sodebo. “O Brasil é um importante mercado e tem potencial para ser o maior para a companhia em longo prazo”, afirma Anne Charlotte Gouraud, responsável pela Comunicação e Marketing da Sodebo no Brasil. Para isso, o fornecedor pretende, em longo prazo, ampliar os canais de distribuição e as linhas de produtos disponíveis.

Anne ressalta que todas as receitas da marca foram adaptadas ao paladar dos brasileiros. “Vale destacar que as receitas de Pipe Rigate Calabresa e Pipe Rigate Parisience foram elaboradas especialmente para o consumidor brasileiro”, afirma. Além dessas versões, a companhia oferece no Brasil os seguintes itens: Pipe Rigate Carbonara, Pipe Rigate Quatro Queijos, Capeletti de Presunto com Molho Parmesão e Capeletti de Ricota e Espinafre com Molho Parmesão.

A Sodebo iniciou as vendas pela capital paulista. “Optamos por São Paulo pelo tamanho da cidade e pelo estilo de vida de seus habitantes, que está diretamente orientado aos conceitos da marca, voltada a consumidores que buscam refeições de qualidade, mas que sejam práticas e rápidas”, explica a executiva. Os produtos da marca podem ser encontrados em redes como Mambo, Varanda, Empório São Paulo, Empório Santa Luiza, St Marché, Yaya e Supermercados Madrid. A ideia é expandir a distribuição para outros importantes municípios do País a partir de 2016. Entre eles estão Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte e Curitiba.

Outra empresa que também está investindo no mercado de pratos prontos é a Faleiro Food Service. Foram destinados pelo menos R$ 2 milhões para colocar no mercado quatro itens: filé de frango à parmegiana, feijoada, estrogonofe de frango e polpetone de carne. Os produtos estão atualmente em três redes: nas mineiras Super Nosso e EPA Plus e na carioca Zona Sul. Juntas, elas somam cerca de 200 pontos de venda.

“Nos últimos dois anos, desde que foram lançados os pratos prontos, o crescimento foi de 300%, o que representa uma venda de 70 mil pratos/mês. A expectativa é chegar, no final de 2016, a 280 mil pratos/mês”, explica Antônio Neto, presidente da Faleiro. Segundo ele, a empresa passou a investir nesse tipo de produto por conta da praticidade, que é a grande tendência identificada no mercado. Até o final do ano, a Faleiro deve ter mais dois lançamentos: salmão e frango com creme de milho.

A Maria Honos, empresa do Espírito Santo, contou com um aporte de R$ 6 milhões ao longo de sete anos para oferecer opções de pratos prontos. De acordo com Lúcia Neffa, diretora da empresa, a indústria identificou uma demanda por alimentos com sabor de comida caseira e viu uma oportunidade de produzir em escala pratos prontos com essa característica. Ao todo, são 30 itens em linha, entre eles estrogonofe, nhoque e feijoada. Para aprimorar o produto final, o teste de sabor de cada prato foi feito ao longo de oito meses. Os produtos estão disponíveis em lojas do Carrefour e do Hirota, em São Paulo, e nos Supermercados Perim, no Espírito Santo, além de estabelecimentos de menor porte voltados para o canal food service. Os planos da empresa incluem distribuição nacional no prazo de um ano e meio. “Nossa expectativa de crescimento em vendas é de 30% a cada mês”, afirma Lúcia.

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Com soluções diferenciadas e muitas vezes a um custo mais acessível, as startups têm ajudado empresas de diferentes setores a resolver os problemas mais diversos. Diante disso, você já pensou em ter uma startup como parceira do seu supermercado?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade