Apesar da greve, setor de supermercados cresce 6,9% em maio

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Redação SM -

Desempenho foi destaque no indicador apurado pela Mastercard

Os supermercados foram destaque em vendas no comércio durante o mês de maio. Segundo o SpendingPulse, Indicador de Varejo da Mastercard, o setor avançou 6,9% no mês passado em relação ao mesmo período de 2017. 

Excelente desempenho teve também o segmento de e-commerce, cujas vendas subiram 26% em maio, na comparação ano a ano. Esse resultado teria sido ainda melhor não fosse a paralisação dos caminhoneiros, uma vez que, na semana da greve, o movimento caiu 19,2%.

Já o varejo como um todo, excluindo vendas de automóveis e materiais de construção, cresceu apenas 0,8% em maio, na comparação com igual período de 2017. Apesar de discreto, o crescimento em um mês marcado pelos fortes impactos da greve, pode ser considerando alentador. "O varejo mostrou resiliência e cresceu apesar da greve. Contudo, as vendas foram fortemente impactadas pela paralização, e, na semana entre os dias 23 e 29 de maio, registramos um impacto de -3% com relação ao mesmo período do ano passado”, revela César Fukushima, Economista-Chefe da Mastercard Advisors no Brasil.

Para os próximos meses, a perspectiva é de crescimento modesto, uma vez que o resultado das vendas no varejo continua sendo diretamente impactado pela alta taxa de desemprego no país e pela instabilidade do ambiente econômico atual. 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Com soluções diferenciadas e muitas vezes a um custo mais acessível, as startups têm ajudado empresas de diferentes setores a resolver os problemas mais diversos. Diante disso, você já pensou em ter uma startup como parceira do seu supermercado?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade