Mobile já representa 48% das vendas do varejo online no Brasil

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Redação SM - redacao@sm.com.br -

A América Latina continua a ser a região com crescimento mais acelerado no número de transações mobile

 

No Brasil, varejistas que investem em vendas via app e web mobile já têm 48% das transações online feitas em dispositivos móveis. Além disso, das compras realizadas pelo desktop, 22% das vendas são precedidas de um clique no ambiente móvel. Os dados são do estudo Análise do E-commerce no Mundo, referente ao último trimestre de 2017, da Criteo, empresa líder em tecnologia para commerce marketing.

A  web mobile, no País, está consolidada e os smartphones seguem ganhando relevância quando o assunto são compras online. No último trimestre de 2017, houve um aumento de 51% nas transações realizadas através de celulares (apps excluídos) em relação ao mesmo período do ano anterior. Em compensação, os pedidos feitos via tablet tiveram queda de 43%, enquanto os feitos via desktop caíram 13%.

 

As categorias mais vendidas no ambiente móvel, sem considerar transações feitas através de aplicativos, foram: Cultura/Mídia (38%), Saúde/Beleza (37%), Grandes Redes Varejistas (36%), Fashion/Luxo (34%), Produtos para o lar (34%) e Computação/Tecnologia (25%).

 As categorias mais vendidas no ambiente móvel, sem considerar transações feitas através de aplicativos, foram: Cultura/Mídia (38%), Saúde/Beleza (37%), Grandes Redes Varejistas (36%), Fashion/Luxo (34%), Produtos para o lar (34%) e Computação/Tecnologia (25%).

Segundo o relatório, na América Latina, os pedidos feitos via desktop ainda são maioria, com 52%, entretanto, as compras feitas pela web mobile já chegam a 29% e as finalizadas em aplicativos representam 19%. Considerando somente o ambiente móvel, os apps correspondem a 40% das transações. Globalmente, as vendas concluídas em aplicativos já  somam 46%, um aumento de 48% em relação ao ano anterior.
 
“Os números são expressivos e indicam uma evolução muito rápida do mobile no universo do varejo. É uma tendência global. Fica claro que agora já não basta apenas ter um site responsivo, os lojistas e marcas precisam ter estruturas mais elaboradas, como aplicativos para atender o consumidor no ambiente móvel. E isso sem deixar de lado os outros canais. A jornada de compras é complexa e envolve vários dispositivos e telas. O foco deve ser sempre o cliente. Tendo isso em mente, as chances de ser bem sucedido são enormes”, comenta Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina.  

Comentários

Comentar com:
Publicidade

ENQUETE

Com soluções diferenciadas e muitas vezes a um custo mais acessível, as startups têm ajudado empresas de diferentes setores a resolver os problemas mais diversos. Diante disso, você já pensou em ter uma startup como parceira do seu supermercado?

GPS - Guia prático de sortimento

Aqui você pode navegar por todas as seções e categorias de produtos. Utilize um dos filtros abaixo para visualizar as informações:

BUSCAR
Publicidade